Termos e Condições Gerais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS

Leia-os atentamente, pois eles vinculam a você legalmente. Estas condições gerais são aplicáveis para todos os serviços com reservas temporarias ou confirmada em Cabo Verde adquiridos no website da www.resermar.cv ou seu Iframe noutros website.

Todas as agências, serviços, proveedores, fornecedores, etc, apresentados nestes TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS estão a disponibilizar vendas reservadas de seus serviços, ou bens em nossa plataforma digital www.resermar.cv e atuam em concordância com as diretrizes da RESERMAR RESERVAS ONLINE.

A “Empresa proprietarias dos bens ou serviços, presentes  em nosso sistema de reservas temporarias ou confirmada , é a legítima comercializadora dos mesmos. A venda/ reservas temporarias ou confirmada também pode ser realizada pelos agêntes distribuídos pelo território nacional “reserver point”e através do nosso website ou Iframe no website dos parceiros.

Nestas Condições, salvo se de outra forma determinado, as expressões a seguir, no singular ou no plural, deverão ter os significados a elas atribuídos:

GLOSSÁRIO

“Agência de Viagens”: pessoa jurídica livremente escolhida e contratada pelo cliente final, responsável pela intermediação, bem como pela correta apresentação das informações gerais, itinerários, tarifas, promoções e políticas comerciais vigentes.

“Armador”: proprietário do Navio, responsável pelo transporte marítimo e serviços a bordo, sujeita às leis e convenções internacionais marítimas, conforme Condições Gerais de Transporte Padrão da Transportadora.

“Clinicas e Consultorios´´: Unidades Privadas prestadoras de Serviços de Saude Humana, sujetas a leis nacionais e Internacionais Conforme DNS, MSP em Cabo Verde. Pessoa jurídica livremente escolhida e contratada pelo cliente final, responsável pela intermediação, bem como pela correta apresentação das informações gerais, itinerários, tarifas, promoções e políticas comerciais vigentes

“Residenciais e Alojamento´´: pessoa jurídica livremente escolhida e contratada pelo cliente final, responsável pela intermediação, bem como pela correta apresentação das informações gerais, itinerários, tarifas, promoções e políticas comerciais vigentes

 “Transportes Terrestres nao regulares”: pessoa jurídica livremente escolhida e contratada pelo cliente final, responsável pela intermediação, bem como pela correta apresentação das informações gerais, itinerários, tarifas, promoções e políticas comerciais vigentes.

“Condições de Transporte”: instruções e informações de transporte da Armadora ou da transportadora que presta serviços de transporte, para deslocar-se do origem até o destino. Elas englobam as disposições legais do país do Armador e/ou da transportadora em questão e podem estar sujeitas a uma convenção internacional, podendo, ainda, limitar ou excluir a responsabilidade da Armadora e/ou da transportadora.

“Condições Gerais”: instruções e informações contidas neste documento, apresentadas antes da Reserva as quais as Partes aceitam e se obrigam a cumpri-las, cuja cópia está no site www.resermar.cv

“Confirmação de Reserva”: é a aceitação do cliente aos termos e condições gerais, mediante pagamento integral da reserva.

“Contrato”: acordo firmado entre a Agência Marítima de Navegação e o passageiro, após a aceitação do pedido de reserva pela agência, referente aos termos e condições do navio.

“E-Ticket”: bilhete de embarque fornecido eletronicamente pela Empresa, que deverá ser impresso ou não e apresentado no dia do embarque com os documentos pessoais válidos.

“Passageiro”: pessoa física identificada na confirmação de reserva e no bilhete de embarque (e-ticket) emitido pela Agência, tão logo sejam inseridos os documentos (BI, Passaporte dos clientes, data de nascimento, cidade de nascimento, cidade onde residem, contato e telefone de emergência, email) e desde que a reserva esteja integralmente paga.

“Cliente de reserva”: pessoa física identificada na confirmação de reserva e no (e-ticket) emitido pelo Agênte, tão logo sejam inseridos os documentos (BI, Passaporte dos clientes, data de nascimento, cidade de nascimento, cidade onde residem, contato e telefone de emergência, email) e desde que a reserva esteja integralmente paga.

  1. Para solicitar a Venda/ reservas temporarias ou confirmada, o cliente deverá contactar o agênte proprietario do serviços de reservas da sua preferência, que ofereça o bilhete ticket ou vale. RESERMAR RESERVAS ONLINE “… ratifica a legitimidade que possui qualquer dos agentes registados em nossa base de dados, pontos de reservas em nosso website, sendo responsabilidade do consumidor final verificar a idoneidade da agente de serviços escolhido…”
  2. Ao solicitar a Venda/ reservas temporarias ou confirmada, o agente confirmará que todas as pessoas identificadas como passageiros e/ou cliente de reserva, no ato, na correspondente solicitação de Reserva, concordaram em seguir as regras contidas nas Condições Gerais e que tem poderes para aceitar essas Condições Gerais em seu nome e em nome das demais pessoas identificadas no comprovante de Reserva.
  3. A RESERMAR RESERVAS ONLINE não permite reservas para menores de 11 (doze) anos sem o acompanhamento de um adulto ou responsável maior de idade.
  4. A solicitação de uma pré-reserva – não está sujeita ao pagamento de entrada correspondente a 25% (vente e cinco por cento) do valor do bilhete ou vale em todos os caso. A partir da solicitação da pré- reserva, o pagamento do 100% do valor terá que ser concretizado no prazo entre 06 horas depois da data de ativação da mesma, e até 24 horas conforme antecedência da saída do navio ou agendamento do serviço -. ( ver se disponivel para a agência  ou proveedor de serviço selecionado)
  5. A solicitação de pré-reservas de grupos ou de longo período (superior 20 dias) na RESERMAR RESERVAS ONLINE está sujeita ao seguinte pagamento:
    1. . As pré-reservas solicitadas de (20) até (30) dias antes da partida: a solicitação de pré-reserva está sujeita ao pagamento de entrada correspondente a 25% (vente e cinco por cento) do valor total dos bilhetes até (48) horas (Não reembolsáveis). O saldo restante deverá ser pago até (15) dias após o primeiro depósito. Oferecendo a possibilidade de mudar a data de viagem (1) uma vez.
    1. . Reservas solicitadas com menos de (12) horas para a partida: a solicitação de reserva está sujeita ao pagamento total do valor do bilhete.
  6. Cartas de descontos ou promoções não poderão ser utilizados na compra através do RESERMAR RESERVAS ONLINE, excepto os descontos promocionais.
  7. Não serão consideradas válidas nem aceitas solicitações de reserva com pagamento parcial.
  8. As solicitações de reservas que não tiverem a integralização do pagamento nos prazos estipulados serão automaticamente canceladas sem prévio aviso.
  9. Com a confirmação da reserva pela Agência de Navegação ou proveedor de serviço selecionado – feita após a confirmação do pagamento integral – toda e qualquer pessoa identificada na Solicitação de Reserva torna-se um passageiro e/ou cliente de reserva.
  10. É responsabilidade do passageiro ou cliente de reserva, exigir da agência de viagem ou proveedor de serviço o comprovante da solicitação de Reserva e, posteriormente, o comprovante da confirmação de Reserva.
  11. Todas as reservas estão sujeitas às presentes Condições Gerais.
  12. Todo navio e proveedor de serviço está sujeito à disponibilidade no ato da reserva. Não haverá nenhum Contrato até que seja efetuado o pagamento, à vista ou de forma parcelada, sendo que a confirmação está sujeita à aprovação de crédito e da confirmação do proveedor.
  13. Caso a solicitação de reserva seja feita (12) horas antes da partida do navio, o pagamento integral deve ser feito no ato da Reserva, sendo que a confirmação está sujeita à aprovação de crédito.
  14. Caso o passageiro deixe de efetuar o pagamento no prazo previsto. acima, a Empresa reserva-se o direito de cancelar a reserva sem aviso e cobrar encargos de cancelamento previstos.
  15. O limite máximo de bagagem no Navio não pode ultrapassar as dimensões de 55x40x25cm (volume máx. 55l); (distribuídos em até 2 volume) por passageiro, sendo que será permitido apenas 2 bagagem de mão por pessoa.
  16. Todas as bagagens deverão estar devidamente etiquetadas, sendo solicitado ao cliente que não leve bagagem em excesso (mas sempre dentro do limite máximo), para que as mesmas possam ser transportadas no interior do navio e bem acomodadas em suas cabines.
  17. A RESERMAR RESERVAS ONLINE não se responsabiliza por bagagem danificada por excesso de peso.
  18. As malas são embarcadas e desembarcadas por terceiros autorizados da concessionária portuária, sendo que a RESERMAR RESERVAS ONLINE não se responsabiliza por danos causados durante o manuseio.
  19. Somente as malas são consideradas como bagagens que podem ser despachadas.
  20. São proibidos de serem embarcados e transportados no navio de cabotagem, móveis e objetos de mudança, que deverão ser transportados por empresa transportadora de responsabilidade dos passageiros, conforme regras de transporte e declarados conforme orientação da transportadora.
  21. Conforme normas Internacionais de Segurança são considerados itens proibidos: armas de fogo, faca, tesoura, canivete, armas brancas (soco inglês, tacos, bastões, spray de pimenta etc.), algemas, objetos afiados e/ou perfurocortantes, aparelhos elétricos ou eletrônicos potencialmente explosivos (aparelho celular Samsung modelo Galaxy Note 7, skate elétrico “hoverboard”, etc.), drone, itens explosivos (dinamites etc.) e/ou inflamáveis descritos nos rótulos do produto ou assim considerados.
  22. Se qualquer um desses itens for encontrado na bagagem ao passar pelo inspecionador durante o processo de embarque, o cliente será chamado para efetuar o descarte. Caso o se recuse a descartar o objeto em questão, o seu embarque ou serviço será negado.
  23. Em prol da segurança, objetos considerados frágeis, pessoais e/ou valiosos (joias, eletrônicos, dinheiro, documentos de viagem, carrinhos de bebê, mochilas, remédios, fraldas etc.) devem ser transportados como bagagem de mão, sendo que a Empresa não se responsabiliza por dano ou perda desses objetos.
  24. O passageiro ou cliente de reserva, que não cumprir os regulamentos de segurança descritos acima terá acesso negado ao navio ou serviço.
  25. A bagagem deverá portar a etiqueta de identificação fornecidas pela Agência Marítima ou RESERMAR RESERVAS ONLINE através do e-ticket, mencionando o nome do passageiro, porto de origem, data do percurso, navio e o número do bilhete. Toda bagagem, inclusive a de mão, estará sujeita à fiscalização. (Ver disponibilidade para a agência selecionada)
  26. As etiquetas da RESERMAR RESERVAS ONLINE serão enviadas juntamente com o e-ticket e as malas devem estar etiquetadas, bem como devidamente lacradas. (Ver disponibilidade para a agência selecionada)
  27. A RESERMAR RESERVAS ONLINE não se responsabiliza por qualquer dano ou extravio que possa ocorrer antes do início ou após o término da viagem, sendo sugerido ao passageiro que adquira seguro com companhia especializada.
  28. Os passageiros pela agência marítima, que for diretamente ao porto deverão dirigir-se a zona de Bagagem (Se Disponível) e entregar suas malas – devidamente identificadas com as etiquetas e lacradas – a um dos funcionários da Agência, que estará uniformizado e identificado com crachá. (Ver disponibilidade para a agência selecionada)
  29. A bagagem será entregue no navio pelos terceiros autorizados da concessionária portuária e seguirá diretamente para a zona destinada para o fim. Por questões de segurança, as bagagens poderão ser submetidas a equipamento de raios-x e ao scanner no navio. Se houver necessidade a segurança do navio pode solicitar a presença do proprietario ou cliente para esclarecimentos sobre possíveis objetos que ofereçam risco à segurança de seus tripulantes ou passageiros.
  30. O passageiro tem conhecimento de que toda e qualquer reclamação sobre as bagagens deve ser realizada através do preenchimento do formulário “Declaração de Ocorrência” a bordo do navio ou dentro da área de desembarque o prestador de serviço. Assim, fica caracterizado que o dano ocorreu dentro dos domínios do terminal marítimo ou da embarcação, isentando o passageiro de qualquer responsabilidade.
  31. A RESERMAR não é responsável pela obtenção de passaportes, vistos, vacinas ou outros documentos de viagem para qualquer passageiro, sendo certo que tal intenção é responsabilidade pessoal de cada um. O mesmo deverá certificar-se diretamente com as autoridades e/ou Consulados competentes a documentação de viagem necessária para o embarque e desembarque nos portos de escala, incluindo caso de crianças e adolescentes viajando desacompanhados dos pais ou em companhia de apenas um dos pais.
  32. Ao passageiro que não embarcar por falta de documentação, passaporte ou vistos, será aplicada a penalidade de cancelamento prevista nas cláusulas.
  33. Os passageiros deverão portar toda a documentação em bom estado de conservação e válida exigida pelas autoridades para o embarque no navio e desembarque nos portos. Caso o passageiro não porte a documentação exigida pelas autoridades do Cabo Verde, as autoridades não permitirão o embarque do passageiro no Navio. Não será aceito embarque com boletim de ocorrência em caso de extravio ou roubo de documentos.
  34. Caso o passageiro consiga embarcar mesmo sem portar os documentos de identidade exigidos pelas autoridades, tal fato não poderá ser interpretado como um direito do passageiro, estando ele sujeito a novos controles de documentos nos portos, arcando o passageiro com eventuais penalidades e multas impostas à Empresa, ao Armador ou a si próprio decorrentes da ausência dos documentos exigidos.
  35. A relação de documentação não é de responsabilidade da RESERMAR RESERVAS ONLINE e pode ser alterada pelos governos dos países envolvidos a qualquer tempo e, portanto, recomenda-se que o passageiro se certifique, antes do Embarque, diretamente com as autoridades dos países de seu destino, a adequada documentação.
  36. A RESERMAR informa aos passageiros que, em caso de indivíduos internacionais, não cabe nenhuma responsabilidade à Agência pela eventual demora nos procedimentos de controle de documentos por parte das autoridades.
  37. Poderão se aceites, para viagens Inter-Ilhas o embarque passageiro com documentos de identificação emitidos por órgão de classe, como identidades funcionais, por exemplo, a de Magistrados, Militares ou membros do Ministério Público, sendo que os documentos podem ser consultados na cláusula na regulaçoes portuarias (Salvo nos aeroportos)
  38. Documentação:
    • I). Viagens dentro do território Caboverdiano: I.A) – Passageiros Caboverdianos: deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte (válido até o término da viagem), BI (Bilhete de Identidade), Carteira de Condução, Carteira de Identidade Militar, entre outros documentos de identidade civil válidos em território nacional, desde que o mesmo esteja em bom estado de conservação. II) Passageiros Estrangeiros: II.B) – Passageiros Estrangeiros Residentes em Cabo Verde: deverão embarcar com um dos seguintes documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses) ou com o CR válido (Cartão de Residente Estrangeiros). Ou documento análogo devidamente autorizado pelas autoridades de fronteiras em Cabo Verde.
    • III.C) – Passageiros Estrangeiros: deverão embarcar com os seguintes documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses). Não será permitido o embarque somente com o DNI/RNE sem o passaporte, deverão embarcar com o passaporte válido (mínimo de 6 meses) e tarjeta de entrada no Cabo Verde carimbada pela imigração do aeroporto. Viagens para Menores de 18 anos:
    • IV.1) Viagens dentro do território Caboverdiano 1ª) – Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses), BI/DNI ou Certidão de Nascimento original. Menores de 18 anos desacompanhados de ambos pais ou responsável deverão também apresentar obrigatoriamente autorização por escrito do pai ou da mãe ou responsável legal com firma reconhecida em cartório, em duas vias, conforme modelo da Empresa disponível no website. Não será permitido o embarque de passageiros (mesmo bebê) portando apenas Certidão de Nascimento. (Cédula) 2ª) – Nota Importante: – Menores de idade viajando apenas com o passaporte cujo modelo não consta a filiação, acompanhados ou não dos pais, também deverão apresentar no embarque o Cédula ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para comprovar a filiação, pois dependendo do modelo de passaporte, não há registro da filiação do viajante. 3ª) – Não será permitido o embarque de passageiros portando cópia de documentos, sem estar devidamente autenticados.
    • 4ª) – Não será aceito embarque com boletim de ocorrência em caso de extravio, furto ou roubo de documentos
  39. Para a segurança e o conforto de todos os passageiros doentes, com mobilidade reduzida ou necessidades especiais, bem como para que seja verificado o cumprimento às legislações sanitárias, é importante que sejam fornecidas todas as informações pertinentes no ato da Reserva.
  40. As informações deverão ser prestadas no formulário “Special Needs/Necessidades Especiais”, a ser solicitado no ato da Reserva. O formulário será enviado ao departamento médico do navio responsável pela análise, sendo que o mesmo será avaliado e respondido em até 10 dias úteis. O preenchimento desse formulário não garante o embarque do passageiro.
  41. Passageiro com alguma deficiência física ou mental que necessitem de tratamento ou atendimento especial (incluindo pessoas em cadeira de rodas) devem notificar a Empresa por escrito, antes da Reserva, sobre a natureza da deficiência, qualquer equipamento médico que pretendam levar a bordo.
  42. Todos os clientes em cadeira de rodas devem levar sua própria cadeira de rodas, dobrável e de tamanho padrão, bem como deve estar acompanhado por um passageiro em plenas condições de saúde e capacitado a assisti-lo. Ainda, a depender das características da deficiência física ou mental e do tratamento ou atendimento especial necessitados, o cliente deverá estar acompanhado de outro passageiro que esteja em plenas condições de saúde e que possa assisti-lo e/ou, conforme o caso, pelo responsável legal.
  43. Clientes doente ou em cadeira de rodas ou com mobilidade reduzida podem não conseguir desembarcar em portos onde as embarcações não atracam ao cais. A lista desses portos pode ser solicitada à Empresa. Nesta hipótese, a eventual tentativa de desembarque em locais sem instalações adequadas para portadores de necessidades especiais será de responsabilidade exclusiva do passageiro.
  44. Algumas agência prestadores de serviços ou fornecedores reserva-se o direito de solicitar a qualquer cliente a apresentação de atestado médico comprovando plenas condições de saúde para viajar ou utilizar o serviço.
  45. Sugerimos que os responsáveis por menores com menos de 1 (um) ano de idade submetam os mesmos a consulta médica para atestar as condições de saúde para realizar o percurso, ou a utilização dum serviço, oferecido desde Resermar Reservas Online, bem como apresentem no momento do check-in, atestado médico confirmando o bom estado para sua utilização.
  46. A Empresa reserva-se o direito de recusar o embarque a qualquer cliente que tenha deixado de notificar adequadamente a Empresa sobre essas deficiências ou necessidade de assistência, ou de quem não se apresente em boas condições de saúde para viajar ou cujo problema de saúde possa constituir perigo para si próprio ou para outras pessoas na utilização de algum bem o serviço.
  47. Mulheres grávidas devem procurar orientação médica antes de viajar,ou na utilização de algum bem o serviço, seja qual for o estágio de sua gravidez. A empresa não tem instalações médicas adequadas para partos a bordo de nenhuma das embarcações dos navios. As mulheres grávidas que tenham até 23 (vinte e três) semanas de gravidez poderão viajar mediante autorização médica. Assim, a passageira gestante deverá, obrigatoriamente, apresentar no momento do embarque atestado médico confirmando o estágio e as condições de saúde para realizar o percurso.
  48. A Empresa não permite o embarque das passageiras que estará com 34 (trinta e quatro) semanas ou mais de gestação. Caso a gestante tenha mais de 34 (trinta e quatro) semanas de gestação ou na falta do atestado com as informações, a empresa reserva-se expressamente o direito de recusar o embarque e não terá responsabilidade em relação a essa recusa, sendo que serão aplicáveis as regras de cancelamento previstas.
  49. Caso uma reserva seja feita por uma passageira que não sabia e não poderia razoavelmente saber da limitação temporal da gravidez no ato da Reserva, a Empresa reembolsará integralmente o preço pago pela respectiva passageira pelo cancelamento da reserva, desde que esse cancelamento seja efetuado o mais rapidamente possível, não tendo a Empresa qualquer outra obrigação para com a cliente.
  50. Caso um passageiro tenha o embarque recusado em decorrência de problema de saúde e/ou falta de condição de saúde para viajar, a Empresa não terá nenhuma obrigação para com o passageiro.
  51. Se, na opinião da Empresa, ou do serviço médico, se um passageiro  ou cliente não estiver, por qualquer razão, em boas condições de saúde para viajar, pode representar um risco para a sua saúde ou segurança, ou se tiver a permissão de desembarque em qualquer porto recusada, ou puder responsabilizar a empresa pela sua manutenção, apoio ou repatriação, então, o Agênte o fornecedor de serviço, terá o direito de recusar o embarque ou desembarcar do cliente o passageiro em qualquer porto, ou transferir para outro leito ou outra cabine. O Médico (se aplicar) a bordo terá o direito de administrar os primeiros socorros e qualquer fármaco, medicamento ou outra substância, e/ou admitir e/ou manter o passageiro nas instalações médicas do navio ou outra instituição semelhante em qualquer porto, desde que o Médico do navio e/ou o Comandante / Capitão considere essas medidas necessárias. A recusa do passageiro em cooperar com relação a esse tratamento poderá resultar no desembarque do mesmo em qualquer porto e a Empresa não será responsável por qualquer prejuízo, despesa ou ressarcimento do passageiro.
  52. A Empresa e/ou as autoridades sanitárias de qualquer porto terão o direito de aplicar um questionário sobre saúde pública em seu próprio nome. O passageiro ou cliente deverá fornecer informações precisas sobre os sintomas de qualquer doença, incluindo, sem limitações, doenças gastrointestinais. A Empresa poderá recusar o embarque de qualquer passageiro que, a seu critério exclusivo, apresente sintomas de qualquer doença, incluindo, sem limitações, doença viral ou bacteriana etc. A recusa de um passageiro em preencher o questionário pode resultar em recusa de embarque.
  53. Nos casos em que algum passageiro esteja acometido por doença viral ou bacteriana a bordo, o Médico ou Reprsentante da Empresa poderá exigir que este permaneça em sua cabine por razões de saúde e segurança coletiva.
  54. A Empresa não tem qualquer responsabilidade em relação a cuidados médicos ou instalações médicas oferecidos em terra. O passageiro poderá, conforme cláusula 3, contratar, às suas expensas, um seguro compreensivo de saúde para viagens que cubra despesas de tratamento médico e repatriação.
  55. Embora haja Médico a bordo da embarcação, é obrigação e responsabilidade do passageiro procurar assistência médico-sanitária, se necessária, durante a viagem. Os serviços médico-sanitários prestados a bordo serão cobrados à parte.
  56. O Médico do navio não é um especialista e o centro médico do navio não é um hospital, portanto, não está equipado nos mesmos padrões que um hospital em terra. A embarcação possui suprimentos e equipamentos médicos de acordo com as exigências do país para o atendimento de pequenos problemas de saúde. Nem a Empresa nem o Médico serão responsáveis perante os passageiros em decorrência de qualquer incapacidade de tratar um problema de saúde.
  57. No caso de doença ou acidente, os passageiros poderão ser levados para terra pela Empresa e/ou pelo Comandante / Capitão do navio para atendimento médico. A empresa não se responsabiliza pela qualidade e padrão do tratamento médico em qualquer porto de escala ou no local em que o passageiro for desembarcado.
  58. O passageiro o clientes tem o dever de obedecer às exigências legais do Comandante / Capitão da embarcação ou dos oficiais de bordo enquanto estiver a bordo e, por razões de segurança ou outras razões legais, permitir que os mesmos (com outros membros da tripulação) revistem, a qualquer tempo a qualquer passageiro, suas cabines, bagagem e pertences.
  59. Pelo presente instrumento e ao efetuar a Reserva, o passageiro concorda expressamente em permitir essa revista.
  60. Os passageiros devem estar de posse de todos os e-tickets, passagens aéreas em sendo o caso, passaportes válidos, vistos, cartões médicos e quaisquer outros documentos necessários para os portos de escala e desembarques programados.
  61. Os passageiros devem levar em sua bagagem de mão os medicamentos de que façam tratamento, de uso controlado ou não, em quantidade suficiente e dentro da validade, não havendo possibilidade de compra de medicamentos a bordo do navio.
  62. A Empresa e/ou o Comandante / Capitão de qualquer embarcação se reserva o direito de, a seu critério absoluto, recusar o embarque ou desembarcar em qualquer porto de qualquer passageiro cuja conduta, em sua opinião razoável, possa colocar em risco ou prejudicar o conforto e o prazer de outras pessoas a bordo.
  63. Os passageiros devem levar em sua bagagem de mão os medicamentos de que façam tratamento, de uso controlado ou não, em quantidade suficiente e dentro da validade, não havendo possibilidade de compra de medicamentos a bordo do navio.
  64. A Empresa e/ou o Comandante / Capitão de qualquer embarcação se reserva o direito de, a seu critério absoluto, recusar o embarque ou desembarcar em qualquer porto de qualquer passageiro cuja conduta, em sua opinião razoável, possa colocar em risco ou prejudicar o conforto e o prazer de outras pessoas a bordo.
  65. Os passageiros são proibidos de trazer a bordo animais, domésticos ou não, entorpecentes, armamento, munição, explosivos ou inflamáveis, objetos perfuro cortantes e perfuro contundentes em geral ou substâncias inflamáveis, tóxicas ou perigosas que possam ser perigosos para a segurança dos passageiros, tripulação ou do navio.
  66. Os passageiros serão responsáveis por qualquer dano sofrido pela Empresa e/ou qualquer Prestador de qualquer serviço que faça parte da viagem em decorrência do não cumprimento das obrigações por parte dos passageiros. Em especial, o passageiro será responsável por todos os danos causados à embarcação ou a sua mobília e equipamentos, por danos pessoais ou prejuízos causados a outros passageiros e terceiros e, ainda, por todas as penalidades, multas e despesas que a Empresa ou o Prestador de serviço tenha que pagar que sejam atribuíveis ao passageiro.
  67. A Empresa não terá nenhuma obrigação para com nenhum passageiro no caso de violação ou não cumprimento pelo passageiro das disposições desta cláusula, e qualquer passageiro deverá indenizar a Empresa por prejuízos ou danos causados à Empresa ou a seus prestadores de serviço em decorrência da referida violação ou não cumprimento.
  68. O comportamento do passageiro não deve comprometer a segurança, a tranquilidade e o prazer dos outros passageiro no navio.
  69. O passageiro deverá obrigatoriamente identificar corretamente suas bagagens com as etiquetas fornecidas pela Empresa através do e-ticket devidamente preenchidas com o nome do passageiro, porto de origem, data da viagem, navio e o número da reserva. Toda bagagem, inclusive a de mão, estará sujeita a fiscalização. (Segundo a politica dacompanhia ou agênte )
  70. A Empresa não se responsabiliza por qualquer dano ou extravio que possa ocorrer antes do início ou após o término do navio.
  71. Objetos considerados frágeis, pessoais e de valor, tais como, exemplificadamente, joias, perfume, dinheiro, máquina fotográfica, filmadora, notebooks, aparelhos celulares, iphones, ipad, carrinhos de bebê etc devem ser transportados somente na bagagem de mão, pelo próprio passageiro, pois a Empresa não se responsabiliza por danos e extravio de tais objetos que possam ocorrer no inicio ou após o término da viagem.
  72. A RESERMAR RESERVAS ONLINE não se responsabiliza pela perda, dano, extravio, furto ou roubo de objetos dos passageiros, de valor econômico e/ou estima, deixados pelos passageiros nas dependências do navio ou no convés ou ainda em malas de viagem,
  73. A RESERMAR RESERVAS ONLINE reserva-se o direito de, a qualquer tempo, cancelar qualquer serviço ou mediante envio de comunicação para o passageiro, cliente ou seu agente de viagens.
  74. São considerados motivos para cancelamento do contrato, incluindo, mas não se limitando, mudanças, suspensão ou interrupção das operações de câmbio, suspensão ou interrupção das operações marítimas ou portuárias, aumento dos tributos, aumento significativo no custo do combustível, greves e exigências sindicais.
  75. Caso a razão do cancelamento seja uma circunstância incomum ou imprevisível que fuja ao controle da RESERMAR RESERVAS ONLINE, cujas consequências não poderiam ter sido evitadas pela Empresa mesmo que ela tenha tomado todos os devidos cuidados, ou seja, caso o cancelamento se dê por caso fortuito ou força maior, a Empresa oferecerá ao passageiro a opção de:

a). Receber o reembolso integral de todo valor pago; ou

b) Catálogo de nível equivalente, se disponível; ou

c). Reservar outro serviço de nível inferior, se disponível, com reembolso da diferença de preço (se aplica).

76. A decisão do passageiro uo cliente em relação às hipóteses acima deve ser notificada à RESERMAR RESERVAS ONLINE por escrito ou através do seu agente de viagens em até 5 (cinco) dias a contar do recebimento da notificação de cancelamento.

77 . Nenhuma indemnização será devida ao passageiro ou cleinte pelo cancelamento pela Empresa, além das formas mencionadas nesta cláusula e suas subcláusulas.